Noruega elege 2022 como o Ano da Cultura Queer e promove igualdade de gênero com nova campanha no Brasil

Um dos principais objetivos do Governo norueguês é fortalecer os direitos da comunidade LGBTQAI+ e combater a discriminação com base na orientação sexual, identidade de gênero e expressão de gênero-foto: Magnus Furset- Visit Norway.

Em celebração ao 50º aniversário da descriminalização de relações sexuais entre homens na Noruega, o país determinou 2022 como o Ano da Cultura Queer, a fim de conscientizar e reafirmar a igualdade e pluralidade de gêneros.

O Arquivo Nacional Norueguês Queer, o Museu Nacional e a Biblioteca Nacional promoveram uma ação comum para comunicar e discutir arte, cultura e história queer em uma celebração nacional durante a data de aniversário da revogação da lei, em 21 de abril de 2022. Segundo a Embaixada da Noruega no Brasil, as expressões artísticas e culturais podem contribuir para a conscientização sobre o estigma e a discriminação contra a comunidade LGBTQIA+ e fornecer uma plataforma para promover a tolerância e a inclusão.

Também na data, o Primeiro-Ministro norueguês, Jonas Gahr Støre, desculpou-se em nome do governo: “Cerca de 119 pessoas foram criminalizadas e punidas por quem amavam. Esses homens sofreram processos judiciais, condenações e prisão. Eles foram publicamente estigmatizados e condenados. Através da legislação, mas também de uma série de outras práticas discriminatórias, nós, como nação e sociedade, deixamos claro que não aceitamos o amor gay. O governo agora deseja se desculpar por isso”. Além disso, no mesmo dia, foi anunciado que, até o final do ano, o país apresentará um novo plano de ação para atender aos direitos e necessidades das pessoas LGBTQIA+ .

O governo norueguês apoia medidas internacionais de combate à violência de gênero e de combate à perseguição e descriminação contra pessoas baseada na orientação sexual. – foto: Magnus Furset -Visit Norway.

Ainda de acordo com a Embaixada, o governo norueguês apoia medidas internacionais de combate à violência de gênero e de combate à perseguição e descriminação contra pessoas baseada na orientação sexual. Ademais, 1% da renda nacional bruta do país será destinada a esforços internacionais para atingir as metas da ONU de sustentabilidade social, econômica e ambiental.

Como parte das ações norueguesas no âmbito internacional, a Embaixada Norueguesa no Brasil lançou a campanha “Essências da Noruega”, que promove alguns dos pilares do país nórdico. A campanha consiste em uma série de 5 webinars na página do Instagram da Embaixada da Noruega e chega ao seu terceiro episódio com o tema Igualdade de Gênero, na próxima quarta-feira, dia 15 de junho.

Para apresentar o episódio, foram convidados os influencers Fábio Pastorello e Cleber Alcantara, casal criador do perfil do Instagram Viagens Cinematográficas, @viagenscine.

Sobre a campanha e o tema, Fábio Pastorello destacou: “O assunto Igualdade de Gênero é muito importante para nós, pois sempre procuramos viajar e indicar ao nosso público países que adotam medidas práticas e efetivas no combate à discriminação. Trazer essas ações norteiam não somente os viajantes para futuras escolhas de destinos, como também abre espaço para que essas iniciativas sejam mais discutidas por aqui também”.

Os dois primeiros episódios já estão disponíveis e também podem ser assistidos no Instagram da Embaixada da Noruega no Brasil. Cada episódio destaca alguns dos princípios e ações promovidas pelo país: Investimento e Governança; Igualdade de Gênero e Diversidade; Tecnologia & Energia Sustentável; Meio Ambiente & Mudança Climática; Cultura e Hospitalidade.

Mais conteúdo GVA para você!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Conheça nossas plataformas de conteúdo

Certificações online!

Plataforma colaborativa!

Ações digitais!

Oscar do BEM!

pt Português
X