Seychelles recebe prêmio por ações em prol do turismo sustentável

Na semana do Dia Internacional da Terra (22/04), conheça algumas das ações que o país promove e que o tornaram vencedor do Green Travel Awards

Reconhecida como um dos 25 hotspots de biodiversidade do mundo, Seychelles é um dos destinos turísticos mais engajados na proteção da biodiversidade das Ilhas e Oceanos que compõem o Arquipélago no Oceano Índico.

O país recentemente recebeu do Green Travel Award, uma premiação do Italian Tourist Press Group, a Menção Honrosa Década dos Oceanos. Essa categoria promove a Década das Ciências Marinhas para o Desenvolvimento Sustentável da ONU, que acontece de 2021 a 2030.

Sobre o prêmio, a diretora de Marketing do Tourism Seychelles, Bernadette Willemin afirmou: “Estamos orgulhosos de ver que, mais uma vez, Seychelles é reconhecida por seu trabalho em sustentabilidade. Como destino, continuaremos incentivando o turismo responsável, mantendo nossos esforços persistentes para preservar nossas ilhas em um estado intocado”.

O Arquipélago, que designou quase 50% do seu território terrestre como reservas naturais e 30% do seu território oceânico como áreas marinhas protegidas, é uma referência na preservação e recuperação do meio ambiente. No país de 459 km2 existem cerca de 1000 espécies endêmicas e dois Patrimônios Mundiais da Unesco: a Reserva Natural de  Vallée de Mai e o Atol de Aldabra.

Coco de Mer, espécie endêmica da Reserva Natural Vallée du Mai – foto: Gerald Larose

A Reserva Natural Vallée du Mai é o lar de uma de diversas espécies exclusivas de Seychelles. Localizada na ilha de Praslin, a reserva é conhecida como verdadeiro Jardim de Éden. O patrimônio Mundial da Unesco tem como uma de suas principais espécies o Coco de Mer, a maior semente de palmeiras do mundo.

Atol de Aldabra, um dos maiores atóis de corais do planeta- foto: Chris Mason Parker

Intocado por anos, o Atol de Aldabra é mais um dos Patrimônios Mundiais da Unesco presentes em Seychelles. Ali está um dos maiores e mais antigos atóis de corais do planeta, com aproximadamente 125 mil anos. Aldabra também abriga a maior população de tartarugas gigantes da Terra, com cerca de 150 mil habitantes.

O Arquipélago paradisíaco de Seychelles é a comprovação de que é possível promover o turismo com ações e medidas ecológicas que permitem a preservação e o cuidado dos ecossistemas do planeta.

Para mais informações sobre o destino, acesse www.seychelles.com/home .

Mais conteúdo GVA para você!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Conheça nossas plataformas de conteúdo

Certificações online!

Plataforma colaborativa!

Ações digitais!

Oscar do BEM!

pt Português
X